Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Intimidade Cor de Rosa

Intimidade Cor de Rosa

Qua | 01.06.16

Aprender uma língua

1320889-N.JPG

   Desde muito cedo que temos contacto com uma língua que não é a nossa, seja através da televisão, da escola, ou de pessoas com as quais nos cruzamos no dia a dia.

   Há quem diga que aprender a falar uma ou mais línguas é como que se estivéssemos a fazer ginástica com o nosso cérebro. Dizem os especialistas que tal facto ajuda a controlar doenças degenerativas, como demência ou Alzheimer. 

   Saber mais línguas para além daquela que é a nossa língua materna tem mais consequências positivas do que negativas. Abre portas a novas amizades, experiencias, oportunidades e culturas. Por isso, existem vários sites e vários programas que nos ajudam a aprender um idioma. Eles são:

 

Duolingo

Duolingo-banner.png

   O Duolingo é um site de ensino de idiomas gratuito. Funciona de forma a que os utilizadores deste serviço progridam ao mesmo tempo que traduzem o conteúdo fornecido. 

   Existe uma aplicação do Duolingo para telemóvel.

 

Babbel

Babbel-Learn-Languages.jpg

 

   Este programa permite ao utilizadores, aprender um idioma que não é tão popular, como Sueco, Holandes ou Indonésio. Utiliza reconhecimento de voz, para a aprendizagens da pronuncia, mas o utilizador é quem escolhe se o quer utilizar ou se prefere fazer outro exercício. Os exercícios caracterizam por associar uma imagem a uma palavra, juntamente com a tradução e o áudio. 

   Existe uma aplicação móvel do Babbel.

 

MemRise

brazilkorea-memrise-2.png

   Ao contrário do que acontece com os sites acima, o MemRise é dirigido a pessoas que já têm algum conhecimento numa língua estrangeira, mas que gostaria de melhorar o vocabulário.

 

Busuu

busuu.png   O que difere este programa daqueles que já foram falados, é o facto de ele funcionar quase como que uma rede social. Podemos executar exercícios interactivos, entrar em contacto com outros alunos através de um chat de vídeo, pedir a outros para corrigir os nossos exercícios e fazer o mesmo com aqueles que aprendem o nosso idioma nativo.

   Existe uma versão móvel para smartphone.