Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Intimidade Cor de Rosa

Intimidade Cor de Rosa

Qua | 29.03.17

Vencendo a Gravidade

     Jardins verticais são, como o próprio nome indica, jardins que, em vez de serem criados e mantidos na horizontal, como normalmente os conhecemos, são feitos na vertical. A frequência com que aparecem é cada vez maior. E não é só nas nossas casas ou escolas que isso acontece, não. De vez em quando, aparecem na Internet imagens de edifícios verdes, não só por serem amigos do ambiente, como por terem as paredes, ou o telhado, coberto de vegetação. Sim, essas imagens (pelo menos algumas) são verdadeiras. 

     A ideia de jardins verticais não está apenas ligada a grandes edifícios. Este conceito ajudou muito quem gostava de ter um jardim mas não tinha muito espaço para tal. O bom disto, é que dá a alternativa de qualquer pessoa ter o seu próprio jardim, cultivar as suas coisas, quer viva no campo ou na cidade. 

16ef8fdada28f84165bba57fd57cb011.jpg

     Podem servir para cultivar flores, mas já pensaram em estar na cozinha e precisarem de alfaces para fazer uma salada, alho ou cebola para um refogado, coentros, salsa ou outra erva aromática para dar sabor aos vossos cozinhados e terem tudo isso em casa e sem precisarem de pagar? Além disso, se optarem por um jardim interior, terão sempre um aroma agradável no vosso espaço.

     Estes jardins são amigos do ambiente, amigos da carteira e são algo que, com certeza, as crianças se iriam divertir. Porque não experimentar? Podem reciclar alguns materiais com eles e, sem dúvida, pouparam nas idas ao supermercado.

Dom | 26.03.17

Elegante sem Saltos

     Desde há muito que os saltos altos são vistos como um simbolo da sensualidade da mulher e são-lhe impostos, quase como uma obrigação, em certas ocasiões. Uma pequena curiosidade: sabiam que os saltos altos eram, inicialmente, usados pelos homens?

   Pessoalmente, não gosto muito de usar este tipo de calçado. Aliás, tirando as vezes em que experimentava os sapatos da minha mãe, nunca os usei na rua ou em alguma festa. Não que não ache que fique bonito, nada disso, mas prefiro andar confortável e prática. E, por isso, fiquei contente quando vi uma publicação no site Incrivel.Club que reunia, basicamente, uma série de fotos de mulheres elegantes, que usavam calçado raso. 

 

Sabrinas

019e029093999bfd4e85f4c3c9a2aab5.jpg43c4b7ed9ffe368f9f130746b7f8a08e.jpg

b97fccd867b8c2f71b0e7d11c6132ac5.jpg0749b0add60ce63a6ba1d7d76cf51b0c.jpg

     Dizem que as sabrinas (ou sapatilhas) são o calçado feminino que os homens menos gostam. Não sei porque: são leves, vão bem com tudo e ainda por cima são confortáveis. 

 

Botins

1ab648151276dba18254cf4a752b61a0.jpg1f5e5e8c4a7e72913eb361f8d9ff0bc3.jpg

6fb5943270a197fe1d8c0430984f0567.jpg605e587466dbc6a30064294bf524d289.jpg

     Cá está mais um tipo de calçado super confortável e versátil. Fica bem com calças, mas também com saias, vestidos ou calções. Para além de não tirar o ar feminino de um look, ainda lhe dá um aspeto mais rebelde e descontraído.

 

Botas de cano alto

18d68d1c47117976cea36eeef7358eb5.jpg070ee42cf2d586f3a1f14ed05938b24a.jpg988b8d763f5bbc55e735ad8f1dd22cf7.jpgf395d43ae7269498d45f944c3a6304e4.jpg

     Este tipo de botas faz-me um bocado de confusão, é algo que não consigo explicar. No entanto, ao memo tempo, gosto de ver. É uma opção de as usar sem o inconveniente dos saltos.

 

Ténis

1d67e4dd59e8360e0b04159ebcba9ebd.jpg4e9c787dbfd96b6584596349ab24f87e.jpg4030c1e4537f7d6bce67d049fbcf367f.jpgd71da035856bd682f941279d31e6e154.jpg

     Haverá calçado mais confortável que um bom par de ténis? Não me parece. Se há uns tempos eles estavam reservados para a prática de atividades físicas, hoje em dia são usados no dia a dia, seja com calças ou saias. E é interessante ver a combinação deste tipo de calçado com roupas mais formais, como por exemplo um fato.

 

Sandálias

81d2f1d369673a7794a1bf9e895d9bb4.jpgc86125378815bb072272e1c7b269ed9c.jpg

ea655c2e2a784dc5d781652c29d516ac.jpgf8f4cef2d98bcf22b9202c2b8e2ba503.jpg

     As sandálias são as nossas maiores aliadas na época do verão. Deixaram de ser exclusivas do tempo de férias e com tanta variedade de modelos, é cada vez mais fácil encontrar as que mais se enquadram no nosso estilo, mas também na nossa carteira.

 

Loafers

76d0097fcdf1f6a747f1f614965b8fb4.jpg9771290a57c032a9f0a0a30073aa2755.jpg

c9d073c6c6fb6934c0b29653a2f795b5.jpgd799a824d56d373714e3bc3dd2713a46.jpg

     Para mim, que não percebo nada de moda, os loafers são uma espécie de sabrinas e dão a entender que são mais confortáveis, pelo simples facto de não sairem tão facilmente do pé. 

 

Sapatos Oxford

9f37da4b8f17c61b957788abee1cd61e.jpga139e856692e3340d9423d44ca0df1c2.jpgc6b075d763c1745eedaa855038261879.jpgff005d84baadf78d65cae4554dcccc52.jpg

     Durante muito tempo, estes sapatos eram os meus prediletos. Adorava-os. Tanto este tipo de calçado como o anterior, faziam parte do guarda roupa masculino, mas cada vez mais não existem roupas ou acessórios exclusivos de um género. Como cada vez mais os tipos de oxfords têm vindo a aumentar, é fácil escolher os que se adequam melhor aos nossos gostos, ao nosso guarda roupa e a certas ocasiões. 

 

     O meu conhecimento no mundo da moda é muito limitado. Compro e uso coisas que gosto e que, acima de tudo, acho confortável. 

     Quem quiser ver o artigo original, pode faze-lo aqui

Qua | 22.03.17

Top 3: Aplicações

     Quando compramos um telemóvel, a imagem dele não varia de produto para produto. Isto é, a apresentação do objeto, as formatações da fábrica serão sempre iguais. Hoje em dia, felizmente, não faltam alternativas que nos ajudam a tornar o nosso dispositivo móvel mais personalizado e a deixá-lo diferente dos outros. Há, inclusive, várias aplicações que modificam o seu lançador ou iniciador. O lançador/iniciador é, basicamente, quando desbloqueamos o telemóvel, a primeira coisa que nos aparece, como a página inicial e os menus.

     Tenho andado a procurar aquele que se aplica melhor a mim e ao meu gosto, tarefa que não tem sido fácil. Existem imensas opções, umas que ocupam mais espaço que outras, umas pagas e outras não. Aqui fica o meu top 3 das aplicações que eu já experimentei (nenhuma é paga) e se alguém tiver alguma sugestão, partilhem.

 

  • Nano Launcher

     Esta aplicação é das minhas favoritas. É simples, logo no ecrã principal há a possibilidade de por 6 das nossas aplicações favoritas e num ecrã ao lado, o Nano Launcher põe aquelas que nós utilizamos mais vezes, o que torna mais fácil de as encontrar. Além disso, no menu, todas as ferramentas que temos no nosso telemóvel estão organizadas por ordem alfabética. A minha parte favorita é o facto de, apesar da aplicação ser simples, inteligente e personalizável, ela ocupa pouco espaço.

 

  • Smart Launcher

     O Smart Launcher é o que tenho instalado neste momento. Tem um design minimalista o que facilita a navegação pelo telemóvel. Uma característica interessante, e que não encontrei ainda em mais nenhuma aplicação, é que no menu tudo está organizado conforme as categorias a que pertencem. Por exemplo, têm as mensagem e redes sociais numa secção, os jogos noutra, etc. Além disso, também não ocupa muito espaço.

 

  • Arrow Launcher

     O Arrow Launcher foi criado pela Microsoft. Dos três é o que ocupa mais espaço, mas também o que oferece uma utilização mais simples do telemóvel. No ecrã principal temos a possibilidade de colocar as aplicações que preferimos, enquanto que num ecrã ao lado temos os aplicativos mais frequentes, as pessoas com quem costumamos contactar com mais frequencia, lembretes e documentos. 

 

     Todas estas três aplicações têm em comum o facto de serem muito simples de utilizar e de dar um ar elegante e organizado ao nosso telemóvel. Além disso, não ocupam muito espaço e a grande maioria dos comentários são positivos.

Qua | 15.03.17

Brinde a Nós!

     Portugal é um país lindo e que é conhecido, lá fora, pelas suas paisagens, gastronomia e simpatia do seu povo. É assim que os estrangeiros nos vêem, mas o que é que eles pensarão das nossas músicas? Temos muitas que serão, sem dúvida, muito melhores que algumas que se fazem lá por fora. As músicas não precisam de serem cantadas em inglês para terem a sua beleza e, por isso, e porque temos grandes cantores, partilho, aqui, as minhas músicas favoritas cantadas, claro está, na nossa língua. A música que nos irá representar na EuroVisão, este ano, está nesta lista pois, apesar de não ser a minha favorita, foi a que ganhou e merece todo o nosso apoio. Boa quarta!

 

Dom | 12.03.17

Um País Encantado

Paro-Taktsang-Monastery.jpg

 

     O Butão é um país do sul da Ásia, faz fronteira com a China e com a Índia, a sua capital chama-se Thimbu e é considerado o país mais feliz da Ásia e o oitavo do mundo.

     Este país, um pouco desconhecido do público em geral, quando começamos a saber mais sobre ele, ficamos logo com vontade de o visitar.

     A religião oficial do Butão é o budismo. E pode-se dizer que os fundamentos dessa filosofia se vêem presentes nas políticas do país. Ora vejam:

  • tem baixos índices de violência, não há mendigos, não há fome e não há registo de corrupção;
  • em vez de utilizarem o PIB, produto interno bruto, para medirem a riqueza do país, preferem usar o FIB, felicidade interna bruta, para medir o grau de felicidade dos habitantes;
  • a maioria dos habitantes vive em aldeias e trabalha na agricultura, sendo esse o principal sustento das famílias;
  • manteve-se isolado do resto do mundo, até ao início de 1960, fazendo com que a sua cultura se mantivesse intacta;
  • ao contrário do que acontece ainda em muitos países, no Butão o chefe de família não é o homem, mas antes o membro "favorito";
  • o governo esforça-se por preservar a cultura e as tradições e, por isso, é obrigatório a proteção de 60% da área florestal contra o desmatamento;
  • em 2004 tornou-se no primeiro país a banir o consumo publico e a venda de cigarros;
  • plantam maconha, para alimentar o gado, mas ninguém lhe dá outra finalidade;
  • são adeptos da poligamia;
  • também muito diferente do que acontece em muitos países desenvolvidos e considerados grandes, é o facto de, neste país, os homossexuais não serem olhados de lado. Pelo contrário, são acolhidos na comunidade como pessoas perfeitamente normais, isto é, sem nenhum preconceito.

     Apesar dos butaneses poderem viajar livremente para o exterior, é muito difícil para os estrangeiros lá entrarem. Para lá chegarem, têm de viajar até Tailândia, Nepal, Nova Deli ou Índia e depois embarcar numa das companhias áreas locais. Além disso, conseguir entrar no país é muito caro e muito complicado. Só pessoas mais velhas, consideradas mais maduras é que podem visitar o país. Devido às grandes plantações de maconha, o rei quer evitar que os mais jovens visitantes fiquem de olho e roubem algumas plantas. 

 

     Apesar deste país ser considerado pobre pela ONU, considero-o um exemplo a seguir. Hoje em dia, todos só se preocupam com o bem estar próprio, com os bens materiais que possui e com o dinheiro que consegue pôr no banco. O Butão é um exemplo para muitos governantes de que não é só a riqueza monetária que contribui para o desenvolvimento e felicidade de uma nação, é um exemplo de que se consegue mais com pouco. E é interessante ver que, num lugar onde a televisão só chegou à cerca de 10 anos, pessoas gay são bem aceites e o ambiente é preservado.

Pág. 1/2