Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Intimidade Cor de Rosa

Intimidade Cor de Rosa

Sab | 23.07.16

A Febre do Pokemon

280805ff7012335fca94d89e69f5810d.jpg

   No inicio deste mês foi lançado um jogo que deixou quase todas as pessoas agarradas ao seu telemóvel. O jogo, Pokémon Go, com a utilização do GPS e da câmara permite aos jogadores capturar, batalhar e treinar criaturas virtuais, os famosos Pokémons.

   Desde o seu lançamento que o Pokémon Go tem suscitado todo o tipo de críticas. Se há quem acredite que este jogo é o melhor, pois faz com que os jogadores saiam do sofá e se ponham em movimento, há também aqueles que acreditam que não deveria ser este o motivo para que as pessoas queiram andar na rua e fazer novas amizades.

   Nunca joguei Pokémon Go, mas pelo que vejo, os jogadores passam os seus dias na rua, a andar de um lado para o outro, a conhecer outros jogadores, etc.. Mas também vejo que, apesar de passarem os seus dias fora de casa, são capazes de perder a noção do tempo e do espaço. Este jogo pode por as pessoas a mexerem-se mas, a meu ver, facilmente se torna num vício. 

   Já agora, porque não experimentar jogos como o Just Dance? Também se mexem e é bem mais divertido.

Qui | 21.07.16

O que ando a ler: O Mistério da Estrada de Sintra

IMG_20160721_155851.jpg

   O Mistério da Estrada de Sintra, é o livro com que dois companheiros, Eça e Ramalho, pretendiam "acordar tudo aquilo (a cidade... o País...) a berros, num romance tremendo".

   Nele alternam, com efeito, a crítica de costumes, o mistério, o crime e o adultério. Romance em folhetins, publicado no Diário de Notícias, nos finais do século XIX, O Mistério da Estrada de Sintra pode considerar-se o primeiro romance policial português. Nele se conta  a história de um médico que regressava tranquilamente de Sintra na companhia de um amigo, quando ambos se vêem envolvidos num assalto de mascarados. E pior ainda: aparece um homem morto num prédio isolado. Sucedem-se depois, em catadupa, todos os lances folhetinescos que prendem a atenção do leitor.

   Eça e Ramalho, dois notáveis vultos literários, parecem, no entanto, ter tido um único objetivo: divertir-se à grande, intrigando simultaneamente os seus leitores.

Sab | 16.07.16

Fotos para tirar no verão

   O verão é sinónimo de férias. Por isso, e a pensar nas meninas que adoram passar todo o tempo do mundo a tirar fotos, faço desta publicação um género de moral de inspiração. 

Nova Imagem.jpg

   Seja este tempo passado na praia ou no campo, com a família ou com amigos, nada serve como desculpa para não sair de casa e aproveitar o tempo. Esta estação é, talvez, a mais colorida o que torna as fotos mais bonitas.

2.jpg

   Aproveitem bem o tempo de férias, bom verão e boas fotos!

3.jpg