Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Intimidade Cor de Rosa

Intimidade Cor de Rosa

Qui | 21.01.16

Presidenciais

   No próximo domingo, dia 24, teremos um novo Presidente da República. Ao contrário do que a comunicação diz, não penso que existem apenas dois candidatos para esse lugar: Marcelo Rebelo de Sousa ou Sampaio da Nóvoa.

   Para os indecisos, a edição online do jornal Observador, criou um guia eleitoral, onde podemos ver, para cada candidato, as suas prioridades enquanto futuros presidentes, as suas frases ao longo da campanha, as relações com o governo, etc.

   Mesmo que achem que o vosso candidato favorito não vai ganhar, votem e com consciência. Todos os votos são importantes e não são as sondagens da comunicação social que dizem quem ganha.

Guia eleitoral interativo

Qui | 21.01.16

Uma refeição na ponta dos dedos

 

   Um grupo de estudantes do 3º ano de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra criou uma aplicação que é o sonho de qualquer estudante universitário. Chama-se SmartCooking e, com alguns cliques, recebemos no nosso telemóvel receitas rápidas e fáceis de preparar, com base nos ingredientes que temos na dispensa.

   Para a maior parte dos estudantes, entrar na faculdade significa sair de casa dos pais. Muitas vezes, como não têm experiência na cozinha e estão sempre atarefados, facilmente optam por refeições diárias na cantina ou em locais onde servem fast food. Opções que não são muito agradáveis nem para a carteira nem para a saúde.

   Esta aplicação foi lançada no dia 13 de janeiro e está disponível gratuitamente na Google Play Store.

   A página do Facebook da aplicação está aqui.

 

Sab | 16.01.16

Caça ao tesouro

 

    Não sei se alguém sabe o que é o Geocaching. Eu própria não sabia, mas depois de ter ouvido, por várias vezes, pessoas a mencionar esta atividade na televisão, fiquei com curiosidade e fui pesquisar.

   O Geocaching é uma versão moderna das caças ao tesouro, usando, em vez de mapas, coordenadas GPS. É jogado ao ar livre, no mundo inteiro e o objetivo é encontrar recipientes, geocaches, que estão escondidos em qualquer local.

   É um conceito divertido porque, para além de cada caça ser uma aventura, é também um bom momento passado em família/amigos.

   Podem ver aqui mais informações e o que precisam para participar. Eu já me inscrevi e mal posso esperar pela minha primeira aventura!

Ter | 05.01.16

Aniversário + Desafio

segundo_aniversario.jpg

 

   Ano novo, vida nova. Não é assim que se costuma dizer? No caso do blog, a nova vida só vem 5 dias depois da passagem de ano. 

   Hoje o Intimidade Cor de Rosa faz 2 anos de existência. Como aconteceu o ano passado, este dia é celebrado com cara lavada: novas cores, um novo formato e novas publicações. 

 Como diz o título, tenho um desafio para vos propor. Sou uma pessoa bastante desarrumada/desorganizada e em altura de exames fico pior. Este desafio não é invenção minha, mas decidi adotá-lo. São 30 dias de organização. 

   Algumas tarefas para este mês:

  • Limpar o armário - isto é algo que esteja, talvez, no topo da lista de todas as pessoas, mas que por qualquer motivo nunca é feito.
  • Organizar a despensa - só traz vantagens, vejam lá: temos uma melhor perceção dos alimentos que temos e ajuda quando não temos ideia do que vamos cozinhar. Além disso, imaginem que têm uma quantidade exagerada de um determinado artigo, ou que o prazo de validade está a acabar. Querem melhor oportunidade para convidar os amigos a almoçar/jantar lá em casa??
  • Mealheiro - à primeira vista pode não parecer nenhum truque de organização, mas se olharmos para ele a longo prazo, vemos que será uma mais valia. Para começar, não precisam de arranjar nenhum porquinho mealheiro nem nada do género, basta terem um frasco (de café, por exemplo) e todos os dias porem lá algum dinheiro, por mais baixa que a quantia seja. Este dinheiro pode dar jeito para uma emergência que apareça ou, simplesmente, para umas férias.

   O desafio começa hoje e vai até dia 4 de fevereiro. Vamos a isso? 

 

Podem ver o desafio original aqui.

Seg | 04.01.16

Crianças nas redes sociais

   Ontem e hoje vi, no telejornal, uma notícia que falava sobre a publicação, por parte dos pais, de fotografias dos seus filhos nas redes sociais. Alertavam para os problemas que podiam surgir e entrevistaram uma mãe que cuidava da página do facebook da sua filha de 11 anos. A mãe começou a partilhar fotos da menina quando ela ainda era bebé e agora ela tinha o seu próprio perfil. A certa altura a mãe diz que a filha adorava aquilo e que pararia quando a miúda lhe pedisse tal coisa. Podem-me chamar antiquada, mas como dizia a jornalista "uma vez na internet, para sempre na internet". Apesar de só partilharmos a nossa informação com quem queremos, nunca sabemos quem é que terá acesso ou o que fará com ela. E já agora, não acho que a culpa seja da filha, mas sim da mãe. Com 11 anos não é a rapariga que decide o que quer ou não fazer. Nesta idade, isso é uma tarefa dos pais.

Pág. 1/2